Nuvem acelera Multiprogramação e Produção Remota

TV Evangelizar viabiliza operação remota com infraestrutura baseada na nuvem da SHOWCASE e Amazon Web Services.

Desde o início da pandemia da Covid 19, os canais de televisão transferiram grande parte dos profissionais para o home office. Além de preservar a saúde de todos, a medida acabou impulsionando a produção e operação remotas. Através do armazenamento na nuvem e do compartilhamento de recursos, os fluxos de trabalho foram mantidos e até melhorados.

Este modelo ainda foi essencial para viabilizar a programação dos canais criados com a multiprogramação, autorizada em abril pelo Governo Federal. Uma das primeiras emissoras a implantar canais adicionais para a transmissão aberta foi TV Evangelizar, de Curitiba. Em agosto, ela colocou no ar o primeiro de três novos canais – a TV Lumen (16.2) – nas cidades de Curitiba e Maringá (PR), 24 horas por dia.

Para a operação, que ainda incluirá os canais 16.3 e 16.4, a Evangelizar desenvolveu um novo workflow em conjunto com a SHOWCASE. A solução de Media Asset Management SHOWBROWSER está no coração deste projeto, sendo responsável pelo ingest, catalogação e armazenamento na nuvem dos conteúdos.

O fluxo baseado na nuvem da Amazon Web Services permite o tráfego seguro entre as universidades e entidades educativas que produzem os programas, os editores responsáveis pela finalização e a área de exibição, explica Renan Borges das Silva, Coordenador de pós-produção da TV Evangelizar.

Fluxo na nuvem

Depois de recebidos, os arquivos são transcodificados para H.264, ingestados e catalogados no SHOWBROWSER para armazenamento na nuvem. A partir daí eles podem ser pesquisados e acessados a qualquer momento em um navegador WEB.

Os três editores da equipe de pós-produção liderada por Renan Borges então acessam remotamente os conteúdos hospedados no SHOWBROWSER e fazem a finalização. Depois, os conteúdos retornam para nuvem da Amazon Web Services e ficam disponíveis para a exibição.

Com a pandemia, diversos profissionais passaram a realizar seus trabalhos em home office e a experiência foi muito boa. Muitos se destacaram e devemos continuar o trabalho neste modelo, com o suporte do SHOWBROWSER”, detalha Renan. Para o coordenador de pós-produção da TV Evangelizar, este caminho também deverá contribuir para nacionalizar a programação da emissora, facilitando a contribuição de todas as regiões do país.

A TV Evangelizar já era nossa cliente em serviços de acessibilidade e multiplexação, e agora tivemos a alegria de ampliar a parceria, atendendo a área de produção”, comemora Marco Antonio Melo, diretor geral da SHOWCASE. “O SHOWBROWSER garantirá um fluxo de conteúdos ágil e escalonável para suportar diferentes programações, integrando as etapas de aquisição de conteúdos (ingest), arquivamento, pesquisa, produção, edição, finalização e exibição, de maneira robusta e econômica, dentro da arquitetura da AWS”.

“Nós estávamos habituados a produzir localmente na Evangelizar e não tínhamos experiência em trabalhar na nuvem, a nova solução, além de acessível, deu maior agilidade para localizar, recuperar e compartilhar os materiais”, finaliza Renan.

Uma marca que expressa a busca por inovação através da tecnologia para impulsionar o potencial humano.
Post criado 88

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo