Rede CNT amplia parceria estratégica com a SHOWCASE

Cliente há mais de cinco anos dos serviços de acessibilidade, a emissora iniciou os testes com a plataforma de monitoração Sentinel, para realizar o acompanhamento remoto e em tempo real de toda a rede.

Rede CNT – Central Nacional de Televisão – acaba de completar 40 anos de história e é uma das maiores redes de TV aberta do Brasil. A sua principal geradora está na cidade de Curitiba (PR) e existem outras geradoras em São Paulo e Americana (SP), Rio de Janeiro (RJ), Londrina (PR), Salvador (BA) e Caxias do Sul (RS). Cerca de cem municípios têm repetidoras ou retransmissoras do canal, que cobre o território nacional e segue em expansão.

Durante os processos de digitalização das transmissões e migração para o HDTV, conduzidos na última década, a CNT incorporou a acessibilidade em toda grade de programação. Em 2015 foram instalados os primeiros equipamentos da linha IFN100, desenvolvidos para implementar funções relacionadas à televisão digital terrestre e realizar a remultiplexação em ISDB-T, integrando os serviços de Closed Caption (Legendas Ocultas) com geração remota da SHOWCASE.

Em seguida chegou a Audiodescrição. Adotada em etapas, conforme as determinações da legislação, que hoje ela atende 16 horas da programação. Assim como o Closed Caption, o serviço é provido a partir do Centro de Operações da SHOWCASE, em São Paulo, e está disponível para todos os espectadores.

A grande novidade na parceria entre a Rede CNT e a SHOWCASE está na chegada do SENTINEL, uma plataforma de monitoração em tempo real, que dá a visão geral dos parâmetros de recepção do sinal ISDB-T, dos recursos de acessibilidade e do conteúdo em exibição em toda a cadeia de transmissão.

“Nós começamos a adotar o SENTINEL nas principais cidades para acompanhar a qualidade do sinal a partir de Curitiba”, explica Robson Tavares, Diretor Técnico na Rede CNT. A partir de receptores de Televisão Digital conectados e distribuídos nestas cidades, as informações para a monitoração em tempo real são coletadas, analisadas e exibidas através da interface web do SENTINEL.

A solução representa uma grande evolução em relação ao modelo utilizado até o momento. “Hoje nós recebemos os feedback sobre a qualidade do sinal através de técnicos contratados, clientes e dos próprios telespectadores”, detalha Robson Tavares.

“A SHOWCASE tem grande satisfação em colaborar com a Central Nacional de Televisão no acompanhamento em tempo real da qualidade do sinal nas suas principais praças”, destaca Marco Antonio Melo, Diretor da SHOWCASE. “Assumir esta responsabilidade só é possível graças à tecnologia embarcada no SENTINEL, que fiscaliza a programação em qualquer ponto da rede, relatando parâmetros como qualidade e força do sinal, BER, codificação e recursos de acessibilidade”.

Desenvolvimento de APP

A SHOWCASE também está desenvolvendo sob encomenda para a CNT um aplicativo para celulares (Android e iPhone), tablets e computadores, capaz de exibir as imagens de diversas geradoras da rede. “Esta solução apresentará a programação ao vivo e alguns programas gravados, com material armazenado para ser assistido conforme o horário de interesse do telespectador” explica Robson Tavares, Diretor Técnico da Rede CNT.

Para o futuro, a Rede CNT analisa a implantação do Comutador Digital de Programação SPLICER, que permite coordenar à distância a distribuição de programações nacionais e regionais num país com as dimensões do Brasil. “A legislação brasileira permite que as retransmissoras da Amazônia Legal tenham programação local em parte do dia. Nós usaremos o SPLICER para fazer o chaveamento remoto das programações de cada localidade”, conta Robson Tavares.

A parceria estratégica entre a Rede CNT e a SHOWCASE tem avançado graças à capacidade da fabricante brasileira em responder com velocidade às demandas da emissora e ao atendimento pós-venda, como define o Diretor Técnico Robson Tavares: “As nossas necessidades são prontamente atendidas pela SHOWCASE, com resultados muito positivos. Temos uma linha direta com a direção da empresa, que facilita muito o nosso trabalho”.

Além da sede em Curitiba e dos centros de produção que geram conteúdo exclusivo para a rede, a Central Nacional de Televisão tem investido na ampliação da cobertura com novos canais em Recife, Belém, Manaus, Cuiabá, Rio Branco, Imperatriz (MA), levando o sinal a 150 milhões de pessoas.

Uma marca que expressa a busca por inovação através da tecnologia para impulsionar o potencial humano.
Post criado 60

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo