TVs Legislativas já alcançam 70 milhões de cidadãos com transmissões digitais

Com tecnologia 100% nacional, a SHOWCASE desenvolve soluções de alta performance para garantir a codificação e remultiplexação dos canais digitais. 

Transmitir as atividades legislativas é um dos recursos mais eficientes para dar transparência aos trabalhos desenvolvidos por deputados federais e estaduais e por vereadores. Desde os anos 90, canais dedicados a estas atividades têm permitido à população acompanhar votações e o desempenho dos políticos eleitos.

Nos últimos 10 anos, grande parte destes canais também faz transmissões digitais abertas, com imagens em alta definição. Levantamentos da Câmara dos Deputados contabiliza 61 emissoras de TVs legislativas em funcionamento no Brasil. São 227 municípios cobertos, com 70 milhões de espectadores em 23 estados, atendidos pelas TV Câmara, TV Senado, TV Assembleia e TV Câmara Municipal, compondo a Rede Legislativa de Rádio e TV.

A combinação de até quatro sinais de TV em único canal – a multiprogramação, além dos Recursos de Acessibilidade, Guia de Programação Eletrônica e Sistema de Emergência (EWBS), entre outros, exige conformidade com as especificações do Sistema Brasileiro de TV Digital, o que só é possível através de soluções de hardware e softwares dedicadas, como as desenvolvidas pela SHOWCASE. A fabricante brasileira está ligada diretamente à implantação da Televisão Digital Terrestre, desenvolvendo diversas gerações de produtos para centenas de emissoras, retransmissoras e repetidoras.

Entre as emissoras da Rede Legislativa de Rádio e TV que utilizam a tecnologia SHOWCASE, está a TV Câmara Bauru, no interior de São Paulo, que adota o remultiplexador inteligente SHOWCASE IFN100 para implementar as funções do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (ISDB-T) nas transmissões.

“As TVs Legislativas têm papel essencial na democracia, aproximando a população das atividades desenvolvidas nas câmaras municipais, estaduais e federal”, destaca Marco Antônio Melo, diretor da SHOWCASE. “Apoiar a operação destas emissoras é uma grande responsabilidade e nos deixa muito orgulhosos”.

Infraestrutura essencial

Com mais de 20 anos de história, a TV Câmara Bauru foi a primeira emissora do gênero no estado de São Paulo, criada antes mesmo da TV ALESP. Lá, o IFN100 gera os parâmetros essenciais à plena sintonia dos canais digitais de televisão. Tudo está baseado em uma arquitetura de 64-bits, com redundância dos dispositivos de alimentação, ventilação e armazenagem, reforçando a confiabilidade na operação. O canal ainda usa a solução para Auditoria Multicanal e Sistema de Monitoramento de TV Digital SHOWCASE XDA13, que indexa informações sobre o que é transmitido, recupera e reproduz imagens, além de alertar para problemas com a qualidade do sinal.

Uma marca que expressa a busca por inovação através da tecnologia para impulsionar o potencial humano.
Post criado 82

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo